pt

A Fundação

A Associação Brasileira do Alumínio - ABAL foi fundada em 15 de maio de 1970 pela Alcan Alumínio do Brasil Ltda, Alcominas (atual Alcoa Alumínio S.A.) e Companhia Brasileira de Alumínio (CBA), empresas produtoras de alumínio primário, além das transformadoras Aisa Alumínio Indústria Ltda, Asa Alumínio S.A. Extrusão e Laminação e Kaiser Alumínio do Brasil S.A. A empresa Aisa foi incorporada, no início da década de 80, pela Alcoa Alumínio S.A.

Instalou-se então um foro comum para a discussão dos assuntos pertinentes à indústria do alumínio, visando a conciliação de interesses entre produtores e transformadores, a ampliação da representatividade do setor junto ao governo e à comunidade ligada a essa indústria.

Representatividade, atuação e principais desafios

A ABAL congrega empresas associadas que representam 100% dos produtores de alumínio primário, fazendo parte também as transformadoras de alumínio - que representam cerca de 80% do consumo doméstico brasileiro –, consumidoras de produtos de alumínio, fornecedores de insumos, prestadores de serviços e comerciantes.

A entidade atua por meio de Comitês Técnicos e de Mercado para desenvolver suas atividades e cumprir seus principais desafios, entre os quais se destacam a competitividade, a difusão das aplicações do alumínio, o incentivo às suas novas aplicações e a solidarização dos interesses econômicos do setor, bem como a representação desses interesses junto aos órgãos governamentais e os cuidados com a imagem institucional e do produto alumínio.

cheap air jordans